LAUDOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO

sdsdcEmissão de laudos por nossos engenheiros devidamente credenciados no CREA.

Laudo de Segurança Estrutural Contra Incêndio
PROCEDIMENTO:
Serviço de emissão do Laudo, a fim de estabelecer as condições a serem atendidas pelos elementos estruturais e de compartimentação que integram a edificação, quanto a tempos requeridos de resistência ao fogo (TRRF), para que, em situação de incêndio, seja evitado o colapso estrutural por tempo suficiente para possibilitar a saída segura das pessoas e o acesso para as operações do Corpo de Bombeiros.

Clique aqui para orçar este serviço

Laudo de Materiais, Acabamentos e Revestimentos
PROCEDIMENTO:
Serviço de emissão do Laudo que consiste estabelecer as condições a serem atendidas pelos materiais de acabamento e revestimento empregado na edificação, para que, na ocorrência de incêndio, restrinjam a propagação de fogo e o desenvolvimento de fumaça.
Sendo que, todo material ou conjunto de materiais empregados na superfície dos elementos construtivos das edificações, tanto nos ambientes internos como nos externos, com finalidade de atribuir características estéticas, de conforto, de durabilidade…
Incluem se como material de revestimento, os pisos, forros e as proteções térmicas dos elementos estruturais.

Clique aqui para orçar este serviço

Laudo de Compartimentação Horizontal
PROCEDIMENTO:
Serviço de emissão do Laudo que consiste a compartimentação horizontal se destina a impedir a propagação de incêndio no pavimento de origem para outros ambientes no plano horizontal.
A compartimentação horizontal é constituída dos seguintes elementos construtivos:
a) Paredes corta-fogo de compartimentação;
b) Portas corta-fogo;
c) Vedadores corta-fogo;
d) Registros corta-fogo (dampers);
e) Selos corta-fogo;
f) Afastamento horizontal entre aberturas.

Clique aqui para orçar este serviço

Laudo de Compartimentação Vertical
PROCEDIMENTO:
A compartimentação vertical é constituída dos seguintes elementos construtivos:
a) Entrepisos corta-fogo;
b) Enclausuramento de escadas por meio de parede corta-fogo de compartimentação;
c) Enclausuramento de elevadores e monta-carga, poços para outras finalidades por meio de porta para chama;
d) Selos corta-fogo;
e) Registros corta-fogo (dampers);
f) Vedadores corta-fogo;
g) Os elementos construtivos corta-fogo / para chama de separação vertical entre pavimentos consecutivos;
h) Selagem perimetral corta-fogo.

Clique aqui para orçar este serviço

Laudo de Acesso a Viaturas na Edificação e Áreas de Riscos
PROCEDIMENTO:
Esta Instrução Técnica fixa condições mínimas exigíveis para o acesso e estacionamento de viaturas de bombeiros nas edificações e áreas de risco, visando a disciplinar o seu emprego operacional na busca e salvamento de vítimas e no combate a incêndios,
Aplicação deve se a condomínios residenciais, condomínios comerciais e condomínios industriais que tenham arruamento interno e que seja necessário o acesso de viaturas operacionais do Corpo de Bombeiros local, para combate a incêndios, sendo recomendatória às demais edificações e áreas de risco.

Clique aqui para orçar este serviço

Laudo de Controle de Fumaça
PROCEDIMENTO:
O objetivo desta Instrução é fornecer parâmetros técnicos para implementação de sistema de controle de fumaça.
Aplica se ao controle de fumaça dos “átrios, malls, subsolos, espaços amplos e rotas horizontais”, visando:
a) à manutenção de um ambiente seguro nas edificações, durante o tempo necessário para abandono do local sinistrado, evitando os perigos da intoxicação e falta de visibilidade pela fumaça;
b) ao controle e redução da propagação de gases quentes e fumaça entre a área incendiada e áreas adjacentes, baixando a temperatura interna e limitando a propagação do incêndio;
c) a prever condições dentro e fora da área incendiada, que irão auxiliar nas operações de busca e resgate de pessoas, localização e controle do incêndio.
Conforme a aplicação a que se destina o sistema de controle de fumaça, haverá implicações nas características dos materiais empregados, tempo de autonomia e vazões de extração. 2.3 As escadas e rotas de fuga verticais devem atender às Instruções Técnicas, devendo ser observado que diferentes sistemas de controle de fumaça (em rotas de fuga horizontais e verticais) devem ser compatíveis entre si.

Clique aqui para orçar este serviço

Laudo de Estanqueidade
PROCEDIMENTO: Consiste em comprovar a estanqueidade de um sistema de armazenamento de fluidos, principalmente de combustíveis, pois a estanqueidade garante que não existe danos ao meio ambiente por meio da edificação ou estabelecimentos.

Clique aqui para orçar este serviço

Laudo Elétrico
PROCEDIMENTO:
Elaboração de Laudo Técnico de Avaliação apresentando a situação atual na qual se encontra as instalações elétricas de baixa tensão e alta, medição das grandezas elétricas e detecção de problemas nos painéis e quadros de distribuição de energia elétrica, apontando soluções técnicas para os problemas elétricos encontrado, aferindo sua conformidade com as normas técnicas aplicáveis.

Clique aqui para orçar este serviço